24 março 2011

ACERCADACANA no CINE PE 2011

ACERCADACANA: doc sobre luta pela terra na grade do festival
Quarta Feira ,23 de Março de 2011

O documentário ACERCADACANA, selecionado para a Mostra Competitiva de Curtas-Metragens 35mm do Cine PE, chega ao festival de Pernambuco com os prêmios de melhor filme e melhor montagem (Paulo Sano), conquistados no último Festival de Brasília, em novembro passado.

Nele, o diretor pernambucano Felipe Peres (Até Onde a Vista Alcança) registra o drama de dona Maria Francisca, moradora da Zona da Mata do Estado, que resistiu à expulsão de 15 mil famílias e decidiu lutar para permanecer em suas terras de meio hectare.

Sobre a expectativa de exibição do filme para o público pernambucano, o diretor diz que “espera que possa suscitar algo além daquilo que os grandes e viciados veículos de comunicação estão dispostos a mostrar sobre o projeto local e nacional de desenvolvimentismo irresponsável que vem sendo empurrado sobre pessoas e espaços”. E completa: “inclusive através do agronegócio do etanol, propagandeado em todo lugar como combustível limpo e positivo, mas que, na verdade, concentra terras, devasta florestas, polui rios e responde por 50% do trabalho escravo do país, segundo o Ministério do Trabalho”.

Confira as informações técnicas do filme:

Sinopse: Nos anos 90, com a valorização do etanol e a expansão do latifúndio canavieiro, 15 mil famílias foram expulsas dos seus sítios na zona da mata de Pernambuco. Maria Francisca decidiu resistir.
Direção: Felipe Peres Calheiros
Produção: Diego Medeiros
Roteiro: Felipe Peres Calheiros e Paulo Sano
Fotografia: Felipe Peres Calheiros e Luís Henrique Leal
Edição de Som: Nicolau Domingues e Rafael Travassos
Montagem: Paulo Sano

Do site do CINE PE:
http://www.cine-pe.com.br/2011/v2/index.php?i=noticia&cod=102

Um comentário:

Maíra Albuquerque disse...

Meninos, vcs são meu orgulho, sabiam????? Ó passei o contato de vcs pra um amigo do meu pai, Antônio Montenegro.

Agora deu saudade, suas marmotas! Vamo se ver enquanto eu ainda tô em Recife?

BJOS da maga